quarta-feira, 1 de abril de 2009

Homenageado do Mês



“Chico Xavier, Amor e Humildade”


Esse mês será inteiramente dedicado a Francisco Cândido Xavier, ilustre brasileiro, médium, fiel apóstolo de Jesus, nascido a 2 de abril de 1910, na cidade de Pedro Leopoldo, Minas Gerais e que teve uma vida inteira dedicada à caridade em sua mais sublime tradução.

Considerado o maior e o mais prolífico médium psicógrafo do mundo em todas as épocas, doou-se inteiramente a divulgação da doutrina espírita com suas mais de 400 obras psicografadas, sendo que algumas delas traduzidas e publicadas em castelhano, esperanto, inglês, grego, japonês dentre outros idiomas. Humilde e simples, ele jamais retirou da sua mediunidade vantagens de qualquer espécie, sempre acolhendo amorosamente a todos os que o buscavam, vindo das diversas partes do país e do mundo para uma palavra de conforto em suas dores, cura das enfermidades e amparo espiritual.

Saudemos com muita alegria a esse espírito nobre, que se hoje estivesse conosco estaria completando seus 99 anos, mas que com certeza, junto à equipe espiritual recebe essas vibrações de amor, carinho e respeito de todos nós.


Paz e Luz,
Carlos Pereira


3 comentários:

Adriana disse...

Que idéia maravilhosa a de homenagear Chico Xavier!! Vou ler todos os posts! Para mim o Chico foi o maior exemplo de como uma pessoa deve lidar com a sua mediunidade, sempre voltada para o bem e com humildade, ciente de que não somos nada sem Deus.

Ah, Carlos, adorei a imagem do semeador de estrelas em um post abaixo, copiei para levar para o meu blog, tá?

Abraços!!! :-)

Irmão Sol, Irmã Lua disse...

Olá Carlos,
Chico é inigualável, um verdadeiro apóstolo do Senhor!
Obrigado pela lembrança, ando meio sem tempo, mas buscarei cumprir a tarefa assim que possível.
Abraço fraterno,
Benja.

CARLOS PEREIRA disse...

Dri,

Grato, esteja sempre a vontade, esta é uma lembrança que fazemos desse grande sinônimo de amor e humildade que esteve entre nós. É sempre uma grande alegria tê-la participando conosco.

Abraço fraterno,
Carlos

Benja,

Ok, eu é que agradeço pela sua atenção.
Um grande abraço,
Carlos

^