quinta-feira, 30 de abril de 2009

Música Espírita: “Chico Xavier – Juventude Espírita Canta”

Com essa canção, do grupo carioca “Juventude Espírita Canta” fiz um vídeo dedicado a Chico Xavier e com ele encerramos o mês em sua homenagem.

Agradeço a Deus, pela oportunidade de conhecer um pouco mais da história desse “Apóstolo de Jesus” e de poder reunir aqui no Manancial de Luz, alguns de seus momentos e mensagens.

Música título: Chico Xavier
Grupo: Juventude Espírita Canta
Componentes: Artur Fraga, Helena Karl, Humberto Karl, Letícia Karl, Sandra Senna e Pedro Luiz dos Santos.


Dica: Assista sem interrupções. Dê uma pausa e aguarde o vídeo carregar.



quarta-feira, 29 de abril de 2009

A Despedida de Chico Xavier


O ano era 2002, o Brasil comemorava a conquista do pentacampeonato da Copa do Mundo de futebol e ele partia para a pátria espiritual, deixando-nos nesse dia um misto de alegria e saudades, mas, muito mais que isso, ele nos deixava a esperança de um mundo melhor e a certeza de que o amor é a maior de todas as nossas conquistas.

O texto a seguir, de autoria de Carlos A. Bacceli, é um resumo do que foi publicado na edição de agosto da Revista Literária Candeia e descreve o desenlace de Chico Xavier em sua casa e o seu sepultamento.

Carlos Pereira






A DESPEDIDA DE CHICO XAVIER


No último 30 de junho, domingo, por volta das 19:30 h, vítima de parada cardíaca, o médium Chico Xavier desencarna tranqüilamente em sua casa. Após ter solicitado a uma auxiliar que lhe fizessem a barba, o que aconteceria apenas na segunda – feira, ele se acomodou em seu leito e, dizendo que “não ficaria mais”, postou as duas mãos em atitude de prece e, simplesmente, parou de respirar.

Logo que recebemos a notícia do desenlace, o que ocorreu por volta das 20:00 h, telefonemas de todo o Brasil começaram a chover pedindo – nos a confirmação da notícia que, tantas vezes, havia sido boato. No entanto, dessa vez a notícia era verídica e, aos 92 de idade, às vésperas de completar 75 anos de mediunidade, Chico deixara o corpo com invejável serenidade e lucidez.

Segundo estimativas da polícia, cerca de 2500 pessoas desfilaram a cada hora diante de esquife, no qual o corpo inerte era tocado pela maioria dos que não continham o pranto e a emoção. Durante 48 horas, dois dias portanto, pessoas de todos os cultos religiosos, homens, mulheres e crianças, provenientes de vários Estados, renderam – lhe merecido tributo.

De fato, Chico pertencia ao povo – ao povo de maneira geral e não somente aos espíritas, muitos dos quais não puderam ainda atinar com o alcance de sua tarefa missionária.

Pela televisão, um pai, conduzindo o filho pela mão, ao aproximar – se do caixão do médium, pegou o menino no colo e disse – lhe: “Este é Chico Xavier, o nosso tio Chico... Não se esqueça, meu filho!...”

A Prefeitura decretou feriado na segunda – feira e, pelo menos em Uberaba, a alegria pela conquista do pentacampeonato pela seleção brasileira de futebol, no mesmo dia 30 de junho, em campo da Coréia e do Japão, foi superada pela tristeza da desencarnação de Chico Xavier.

O cortejo fúnebre foi um dos maiores que já se viu e, se Chico tivesse desencarnado, por exemplo, em São Paulo, o féretro teria sido tão concorrido quanto o do piloto Ayrton Senna, sepultado como herói nacional. Coberto com a bandeira do Brasil, o corpo foi levado em carro aberto pelo Corpo de Bombeiros e enterrado no cemitério São João Batista, com honras militares. Além de ter decretado feriado na segunda – feira e luto oficial por três dias, a Prefeitura Municipal requisitou helicóptero da Polícia Rodoviária Federal para que, durante o trajeto, pétalas de rosas fossem lançadas para atapetar o caminho daquele que, no desempenho da tarefa missionária, não hesitou em pisar em espinhos...

Carlos A. Baccelli
Uberaba - MG

(Leia na edição de agosto da Revista Literária Candeia o artigo de Carlos A. Baccelli na íntegra.)

terça-feira, 28 de abril de 2009

Livros de Chico Xavier para Download

Aqui estão alguns dos livros psicografados por Chico Xavier, disponíveis para download:





Nosso Lar

Através da mediunidade de Chico Xavier, André Luis transmite aos encarnados suas observações e descobertas sobre "a vida do lado de lá". Nosso Lar é o nome da Colônia Espiritual na qual foi acolhido e tratado.

Clique aqui com o botão direito do mouse e escolha a opção:
Salvar link como...





A Caminho da Luz

A Caminho da Luz, narra a História da Civilização à luz do Espiritismo, mostrando a verdadeira posição do Evangelho do Cristo em face das religiões e das filosofias terrenas.

Clique aqui com o botão direito do mouse e escolha a opção:
Salvar link como...





Ave Cristo

Conduzindo o leitor ao terceiro século da Cristianismo, esta obra, ditada ao Francisco Cândido Xavier pelo Espírito Emmanuel, traz aos cristãos de hoje o valoroso exemplo de simplicidade, confiança e amor com que os pioneiros da Boa Nova se entregaram ao serviço do Divino Mestre, tendo por sustentá-los os recursos de uma poderosa e inquebrantável fé. Em lances comoventes, é narrada a história de duas almas, Quino Varro e Ticiano, ligadas por várias reencarnações, na qual podemos sentir o quanto pode realizar o verdadeiro amor, em suas manifestações de solidariedade a bem das criaturas humanas.

Clique aqui com o botão direito do mouse e escolha a opção:
Salvar link como...





Desobsessão

Este livro objetiva prestar auxílio àqueles que se propõem a tratar, com a devida seriedade, em reuniões específicas da Casa Espírita, o grave problema da obsessão,que, como as mais diferentes e temíveis doenças do corpo físico, se constitui em flagelo da Humanidade.Através de 73 capítulos, devidamente ilustrados, escritos de maneira objetiva, aborda temas que orientam os trabalhadores da reuniões de desobsessão, desde o despertar do dia da reunião, superação de impedimentos, conversação anterior à reuniao, pontualidade, equipe, educação mediúnica, passes,até o seu encerramento. Trata ainda de importantes procedimentos posteriores ao trabalho de desobsessão. Alerta sobre a gravidade do assunto, salientando que cada Casa Espírita deve possuir a sua equipe de servidores da desobsessão, não somente para sua defesa e conservação, como também para socorrer as vítimas da desorientação espiritual.

Clique aqui com o botão direito do mouse e escolha a opção:
Salvar link como...




Evolução em Dois Mundos

Nesta obra altamente reveladora, o autor espiritual nos convida: "Estudemos a rota de massa multimilenária romagem no tempo para sentirmos o calor da flama de nosso próprio espírito a palpitar imorredouro na Eternidade (...)". Para estudar o processo evolutivo do ser, André Luiz alia os conceitos da Ciência com a mensagem consoladora de Jesus reavivada pelo Espiritismo, oferecendo admirável estudo científico sobre o harmonioso elo existente na evolução da alma nos dois planos da vida: o mundo material e o mundo espiritual. Em sua primeira parte, esta obra instrui sobre o fluido cósmico, corpo espiritual, evolução e sexo e muitos outros temas. Na segunda parte, através de perguntas e respostas, trata de questões sobre alimentação dos desencarnados, matrimônio e divórcio, gestação frustrada, determinação do sexo, além de outros assuntos relevantes.

Clique aqui com o botão direito do mouse e escolha a opção:
Salvar link como...





Há 2000 anos

Episódios da história do cristianismo no século I. Romance ditado pelo espírito Emmanuel.

Clique aqui com o botão direito do mouse e escolha a opção:
Salvar link como...





Jesus no Lar

Este livro apresenta lições ensinadas por Jesus, em reuniões na casa de Simão Pedro, no que foi o primeiro culto cristão do lar. Aborda temas como: o amor ao próximo: o valor de servir; a compaixão; a educação etc. Demonstra a permanente atualidade da mensagem evangélica, de fácil compreensão, a todos acessível e enfatiza a necessidade de cada um se reformar interiormente, revendo pensamentos, atos, posturas e atitudes, buscando ajustá-los à verdadeira moral cristã. A reunião familiar semanal em torno do Evangelho é prática das mais úteis aos cristãos. O próprio Cristo sugeriu que, se reunissem dois ou mais em seu nome, Ele ali estaria. O culto do evangelho no lar é a oportunidade para: reabastecimento de energias psíquicas; estudo e desenvolvimento dos ensinos do Mestre Jesus, aplicáveis à vida de relação; esclarecimento de dúvidas: harmozição entre os participantes; dissipação de fricções, mágoas, ressentimentos, antagonismos e ódios; agradecimentos a Deus pelos benefícios recebidos; pedidos de amparo e proteção para encarnados e desencarnados. Recomenda-se que junto com "O Evangelho segundo o Espíritismo", "O Livro dos Espíritos" e outros livros de eleição do grupo JESUS NO LAR, esteja sempre nas reuniões, para leitura e consulta. Em grupos onde haja crianças é útil acrescentar o livro Pai Nosso, pelo espírito Meimei.

Clique aqui com o botão direito do mouse e escolha a opção:
Salvar link como...





Os Mensageiros

Este livro revela que a morte física descortina a vida espiritual em contínua evolução. Em cinquenta e um capítulos relata as experiências de vários espíritos que reencarnaram com trabalhos programados, necessários aos seus próprios aprimoramentos. Trata ainda de temas como: culto do evangelho no lar, os benefícios da prática do bem, invigilância e medo da morte. o autor espiritual evidencia a oportunidade de trabalho dos médiuns, alertando-os quanto à necessidade da prática dos ensinamentos na esfera íntima, a fim de se evitar o retorno ao plano espiritual sem o cumprimento dos compromissos assumidos.

Clique aqui com o botão direito do mouse e escolha a opção:
Salvar link como...





50 Anos Depois

Romance transcorrido por volta do ano de 131dc, que descreve as lutas do senador Públio Lentulus do romance "Há Dois Mil Anos". Neste romance Emmanuel conta-nos uma história ligada ao Cristianismo do século II. Nele, alguns personagens do livro "Há Dois Mil Anos" voltam à jornada terrena vivenciando, de modo claro, a lei de causa e efeito. Um dos personagens centrais daquela obra, o Senador Públio Lentulus, apresenta-se nesta em uma nova roupagem, encarnado como um escravo: Nestório. Esse escravo mostra, na sua volta a Terra, uma postura mais humilde, agora numa categoria que seu coração orgulhoso havia espezinhado na existência anterior. A misericórdia do Senhor permite-lhe reparar, na personalidade de Nestório, os desmandos e as arbitrariedades cometidas no passado, quando, investido do poder público, supunha, em sua vaidade, guardar todos os direitos e poderes em suas mãos. O personagem central deste livro é, no entanto, uma mulher, Célia. Coração sublime, cujo heroísmo divino foi, no dizer de Emmanuel, uma luz acesa na estrada de numerosos espíritos amargurados e sofredores. Ela entendeu e viveu a lição de Jesus no transcurso doloroso de sua existência.

Clique aqui com o botão direito do mouse e escolha a opção:
Salvar link como...


Fonte dos livros: ebookcult




Paulo e Estevão

O autor espiritual Emmanuel nos traz através da psicografia de Chico Xavier, a gloriosa história de Paulo de Tarso, fariseu, perseguidor de cristãos e sua conversão ao cristianismo, após seu arrependimento em condenar e apedrejar Estevão, (um dos primeiros mártires cristãos) e o encontro com Jesus numa aparição às portas da cidade de Damasco. Uma bela história da vida de um homem que atende ao chamado de Cristo e enfrenta a todas as adversidades por amor ao seu nome, transformando-se num de seus mais fiéis apóstolos. Leitura inesquecível que eu recomendo, entre tantas outras, da vasta bibliografia de Chico Xavier.

Clique aqui
para download

Fonte: espiritismogi.com.br


segunda-feira, 27 de abril de 2009

Destaque: “Comenda da Paz Chico Xavier”


Você sabia que existe uma Lei Estadual em homenagem a Chico Xavier?
Isso mesmo!!, com base na história de vida do médium, em dezembro de 1999, o então governador do estado de Minas Gerais, Itamar Franco, sancionou uma lei de estímulo a promoção da paz. Leia aqui nesse artigo do Universo Espírita e confira o texto da lei na íntegra:


ESTADO DE MINAS GERAIS


Lei Estadual Número 13.394 de 7 de Dezembro de 1999 instituí a Comenda da Paz Chico Xavier

Destinada a homenagear pessoas físicas e jurídicas que tenham se destacado na promoção da paz, por meio de atividades relacionadas pesquisa, contribuição literária, artísticas e culturais, campanhas pacifistas, enfim, ações que promovam a dignidade humana, erradicando a fome, miséria e violência.

Lei na íntegra: clique aqui


domingo, 26 de abril de 2009

Mensagem da Semana



Ouvir a mensagem:
*Voz de Chico Xavier


TEU LIVRO


A existência na terra é um livro que estás escrevendo.
Cada dia é uma página.

Cada hora é uma afirmação de tua personalidade, através das pessoas e das situações que te buscam.

Não menosprezes o ensejo de criar uma epopéia de amor em torno de teu nome.

As boas obras são frases de luz que endereças à humanidade inteira.

Em cada resposta aos outros, em cada gesto para com os semelhantes, em cada manifestação dos teus pontos de vista e em cada demonstração de tua alma, gravas com tinta perene, a história de tua passagem.

Nas impressões que produzes, ergue-se o livro dos teus testemunhos.

A morte é a grande colecionadora que recolherá as folhas esparsas de tua biografia, gravada por ti mesmo, nas vidas que te rodeiam.

Não desprezes, a companhia da indulgência, através da senda que o Senhor te deu a trilhar.

Faze uma área de amor em derredor do próprio coração, porque só o amor é suficientemente forte e sábio para orientar-te a escritura individual, convertendo-a em compêndio de auxílio e de esperança para quantos te seguem os passos.

Vive, com Jesus, na intimidade do coração, não te afastes d´Ele em tuas ações de cada dia e o livro de tua vida transformar-se-á num poema de felicidade e num tesouro de bênçãos.



Francisco Cândido Xavier
*Por Emmanuel

sábado, 25 de abril de 2009

Especial: “Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe em Idosos”



O Ministério da Saúde iniciou hoje, sábado 25/04 com previsão de encerramento para 08/05, a Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe em pessoas com mais de 60 anos. Esse ano foram investidos mais de R$162 milhões na compra das vacinas e o ministério estabeleceu uma meta para que a campanha possa abranger cerca de 80% das pessoas nessa faixa etária, tendo como slogan “Deixe a gripe na saudade. Vacine-se”.

As complicações em decorrência da gripe, como é o caso da pneumonia ou tuberculose, ocorrem com maior freqüência em pessoas com mais de 60 anos e a prevenção com a vacina é necessária, por isso, você idoso, não se esqueça desse compromisso com a sua saúde. Segundo estimativas, a vacinação preventiva reduz em até 45% o número de hospitalização por pneumonia e 75% a mortalidade da população do país com mais de 60 anos causada pela gripe.

Existem cerca de 65 mil postos de saúde disponíveis em todo país para a vacinação e o Ministério da Saúde alerta que a relação dos postos deve ser consultada com a secretaria de saúde de cada cidade.


Carlos Pereira




Alinhar ao centroCaridade da Luz


Santa a moeda amiga ao tornar-se carinho
em todo lar sem pão que a penúria flagela,

Enaltecida sempre a roupa mais singela
que protege a nudez ao vento e ao desalinho...

Glorificado seja o pouso que tutela
o enfermo relegado às pedras do caminho,

Preciosa a afeição para quem vai sozinho,
trancando-se na dor em que se desmantela...

Nobreza em toda ação que represente amparo
do auxílio de um vintém ao apoio mais raro,
que a simpatia expresse e a bondade presida...

Brilhe em tudo, porém, com mais força e grandeza
a palavra do Bem que apure a natureza,
iluminando o Amor e libertando a Vida!...


Francisco Cândido Xavier
*Por Auta de Souza
Do livro Auta de Souza, Ed. Ide

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Destaque: “Elegia para Chico Xavier”

Esse texto foi escrito pelo Sr. Amílcar Del Chiaro Filho, então radialista e apresentador do programa “Sol nas Almas”, da Rádio Boa Nova, após o desencarne de Chico Xavier. Nele o autor descreve numa linguagem simples e poética como foi a vida e a personalidade desse magnífico médium, a quem ele chamou de “Homem Amor”.





Elegia a um Homem Simples e Bom



Dois de abril de mil novecentos e dez nasce na Terra Francisco Cândido Xavier. Mais um espírito vindo do espaço para aprender, crescer, lutar pela sua evolução e acertar suas contas com a vida, com a lei de causa e efeito.

Apenas isto? Hoje somos seis bilhões de almas na Terra, mas não era apenas isto. Com Chico Xavier, nascia a mais perfeita antena psíquica dos últimos séculos. Ainda mais do que isto: nascia um homem bom, humilde, iluminado. O homem que espantou o mundo literário com o seu 1º livro – Parnaso de Além Túmulo. Através de seu lápis, versejaram os maiores poetas luso-brasileiros. Guerra Junqueiro, João Deus, Augusto dos Anjos, Auta de Souza e centenas de outros literatos que vieram para somar nesse esforço extraordinário de provar a continuidade da vida.

Os livros foram se materializando e chegaram a mais de 400. 75 anos de mediunidade consoladora. 75 anos de vida pública irrepreensível. Com certeza ele foi o "Homem Amor". Quantas mães foram à Uberaba em desespero em busca de notícias de seus filhos amados e receberam mensagens consoladoras com a tinta feita com as lágrimas da saudade.

Herculano Pires, escreveu um comentário para a publicação de O Livro dos Espíritos no 30º aniversário da LAKE dizendo que o homem (Kardec) debruçou-se sobre o abismo do incognoscível para interrogá-lo, ouvir as suas vozes misteriosas, arrancar-lhe os mais íntimos segredos. Podemos dizer que Francisco Cândido Xavier adentrou o abismo e foi intérprete dos seus moradores para os homens da Terra. Ainda mais, Chico foi a ponte que permitiu aos espíritos de todas as condições virem até nós e contarem como vivem, o que fazem e falar dos seus amores, temores e esperanças.

O guerreiro da Luz (guerreiro incapaz de ferir ou magoar) deixou a armadura física e partiu para o mundo que ele conhece tão bem, pois nesses últimos anos ele vivia aqui entre nós, e também no mundo dos espíritos. Repouse um pouco guerreiro. Suas armas, o AMOR E A VERDADE também descansam, a espera de que você as empunhe novamente, para ajudar a construir um mundo melhor, de paz, harmonia e bondade.

O coração de Francisco Cândido Xavier parou no início da noite do domingo. Coração que pulsou ao compasso do amor durante 92 anos. Todas as horas da vida de Chico Xavier foram de ouro, ornadas com sessenta brilhantes côncavos, que ele preencheu com muito amor. Se pudéssemos lhe dar um presente, Chico, te daríamos uma sonata de amor escrita na pauta do arco-íris e executada pelas estrelas.

Nosso coração chora, mas com certeza o mundo espiritual está em festa. Uma estrada de luz se abre de Uberaba ao infinito. Nas duas margens uma multidão de espíritos o saúda. O perfume do vaso de alabastro com que aquela mulher ungiu os cabelos de Jesus de Nazaré num banquete, toma conta do ambiente. Do coração de Jesus irradia-se uma luz opalina que envolve o medianeiro. Adeus, Chico. Em nosso coração fica a saudade.



Amílcar Del Chiaro Filho


quinta-feira, 23 de abril de 2009

Imagem e Mensagem: “Se Você Puder”

Não deixe de assistir a essa bela e reflexiva mensagem de André Luiz, com imagens e música primorosa, através da psicografia de Chico Xavier que nos apresenta alguns aconselhamentos de apoio espiritual em benefício do próximo.

Dica: Assista sem interrupções. Dê uma pausa e aguarde o vídeo carregar.



quarta-feira, 22 de abril de 2009

Poder do Pensamento: "Chico Xavier e a Atitude Mental"

Em 1977, numa entrevista publicada no jornal “O Espírita Mineiro”, de Belo Horizonte (MG), Chico Xavier, entre outras questões, respondeu ao jornalista Fernando Worm, sobre a influência do pensamento em nossa vida:


-Sempre me pareceu que nós, a maioria das pessoas, desconhecemos a imensa força do pensamento na formulação da existência.
O pensamento pode reformular a vida de uma pessoa?

Chico Xavier:

- Sem dúvida. Os benfeitores espirituais são unânimes em asseverar que toda renovação do espírito, em qualquer circunstância, começa na força mental. O pensamento é a força criadora nas menores manifestações.


*Resposta dada em entrevista feita pelo jornalista Fernando Worm, publicada no jornal "O Espírita Mineiro", de Belo Horizonte, MG, número 171, fevereiro/abril de 1977. Página 241 do livro "Chico Xavier - Mandato de Amor", União Espírita Mineira - Belo Horizonte, 1992.


Nesse vídeo temos uma excelente exposição do tema “Atitude Mental”, resumindo através de tópicos sobre a capacidade humana do pensamento contínuo e sua influência com o meio, tudo isso, à luz da Doutrina Espírita. Imperdível!!

Dica: Assista sem interrupção. Dê uma pausa no vídeo e aguarde ele carregar.


terça-feira, 21 de abril de 2009

Especial: “Duas Boas Notícias”




“Filme sobre Chico Xavier tem data para estrear”


Por Maurilio Candido


Cinco anos foi tempo que o diretor Daniel Filho levou para levar a biografia de Chico Xavier, escrita por Marcel Souto Maior ao cinema. As filmagens de ´As Vidas de Chico Xavier´, começarão em maio próximo. O diretor, embora se diga ateu, acredita em uma força maior que conduz o universo.

O ator escolhido para viver o médium mineiro foi Nelson Xavier, de 67 anos, que tem uma notável semelhança com o homenageado, a começar pelo sobrenome. O ator disse que até se cansava de tal semelhança e sempre ouvia das pessoas, que um dia interpretaria Chico Xavier. Ele garante que, apesar de sua formação comunista, está emocionado com o laboratório feito em um lar espírita que ele tem frequentado, para vivenciar o personagem com mais realismo.

O filme tem data confirmada para estrear: dia 02/04/2010, exatamente o dia do centenário do Chico. Com um detalhe curioso: uma sexta feira, dia de lançamento nacional de novos filmes. Uma notícia quente: os atores Tony Ramos e Cristiane Torloni confirmaram participação no filme.


Fonte: Cidades em Foco



"Filme sobre Chico Xavier pode virar série na TV Globo"


Está em estudos na TV Globo a possibilidade de transformar o filme sobre a vida de Chico Xavier em microssérie a ser exibida depois do lançamento no cinema. Este é o mesmo modelo que será adotado para “O Bem Amado”.

Segundo informações do jornal O Globo, o filme terá direção de Daniel Filho e roteiro de Marcos Bernstein. No papel do médium estarão Nélson Xavier e Ângelo Antônio, em duas fases.


Fonte: RD1 Audiência

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Destaque: “Algumas Definições de Chico Xavier”


Aqui estão algumas frases ditas ou escritas por famosos e populares definindo a pessoa de Chico Xavier:



“Se alguma pessoa na Terra, presentemente, me lembra a Divina Presença de Jesus, inegavelmente essa pessoa é Chico Xavier”
Dr. Carlos A. Bacelli


“Chico Xavier: Um beijo de Amor Celeste na face do Brasil”
Folha de São Bernardo


Estes são alguns fatos da vida de um homem simples e bom
Simples como o sorriso de uma criança e bom como a esperança.
Prefácio do Livro Chico, de Francisco


Chico Xavier: uma criança que se fez homem ou um homem que se fez criança para melhor nos ajudar a encontrar o Reino de Deus.
Adelino da Silveira
Fonte Livro Chico, de Francisco
Autor Adelino da Silveira


... um ser que simboliza o bálsamo que nos chega ao coração...
*Tereza Cristina de Oliveira


... ele é a criatura singular que tem o tempo destinado somente às coisas de Deus...
*Daisy Andrade Pastor Almeida


... um anjo de paz e amor que Deus enviou à Terra...
*Carlos Alberto de Toledo


... Acho que só há uma palavra para ser dita a você. Obrigada pela pérola de consolo que você nos deu no momento de desespero. Obrigada pela própria pérola da verdade neste mundo de dúvidas...
*Maria Izabel de Lizandra


... O que se pode dizer de uma pessoa que sempre pregou o amor.
O que se pode falar de alguém que transmite tanta paz, tanta esperança e tanta humanidade.
Nada se tem que dizer além de agradecer a oportunidade que nos foi dada de conhecer “você”.
Com todo meu carinho, admiração e respeito de sua aluna...
*Beth Goulard



... Muito obrigada, meu Deus, por ter trazido Chico Xavier a mim...”
*Nair Bello Souza Francisco


A maior homenagem que podemos prestar a Francisco Cândido Xavier será render-nos ao Verbo de Jesus nos Evangelhos e seguirmos, com tenacidade e esperança, sejam quais forem os obstáculos, as prescrições da Doutrina Espírita...
*Indalício Mendes


... Ave Maria, Música nova de cada dia, Salve Rainha, Reis e Ladainhas, Lei, progressos, entrelinhas. Louva-Deus pede socorro, para o amor, que lá vou eu! Ah... Chico!...”
*Rolando Boldrin


Chico Xavier: Uma estrela que se Desprendeu do Céu Tomando a forma de um Homem para amar E servir em nome De Jesus.
Silvia Barsante


É possível que um dia duvidem que Chico esteve entre os homens.
Mas quem pode estar Um momento em sua Presença jamais duvidará Que Jesus aqui também Esteve e que Deus existe.
Nirma Spigolan


"Chico Xavier nos ensina a servir a Humanidade...sem perguntar até quando; a progredir...
sem perder a simplicidade! Obrigado por nos desafiar humildemente a também vencermos a nós mesmos
- semeando estrelas do bem nestes caminhos tortuosos e algumas vezes espinhosos".
André Fell


“A sua presença entre nós foi sem dúvida a mais sublime expressão do amor, o Chico Xavier para mim é sinônimo de paz e humildade.”
Carlos Pereira


domingo, 19 de abril de 2009

Mensagem da Semana



Ouvir a mensagem


*Voz de Chico Xavier



Mais Luz


Em verdade grande é a noite em que se debate a alma do mundo.

Nos mais variados ângulos da marcha, vemos a névoa da incompreensão suplicando a graça da Luz.

Não condenes, nem reclames, faze alguma claridade e segue adiante,

a semente de agora será colheita depois.

A centelha hesitante de hoje surgirá por facho resplandecente amanhã.

Grande é o nevoeiro da ignorância que muitas vezes ainda envolve a terra.

Atende ao cérebro, mas não te esqueça do coração.

A sabedoria é o caminho!!!

O amor é a Luz !!!

O palácio as escuras poderá povoar-se de monstros.

O campo singelo aos clarões da manhã é um templo aberto a beleza solar.

Ajuda e transformará a dor em alegria,

Ama e fará a vida brilhar !!!


Francisco Cândido Xavier
*Por Emmanuel


sábado, 18 de abril de 2009

Gotas de Luz: "O Magnetismo e o Espiritismo"




O Magnetismo existe desde a origem do universo. Em todos os corpos, todas as partículas existentes na natureza, no micro e macro universo, o magnetismo se faz presente e é através desse “fluído elétrico”, que todos nós, os seres pensantes se atraem ou se repelem, se influenciando mutuamente de acordo com suas emoções, pensamentos e sentimentos.

Desde os mais remotos registros antropológicos e sociológicos podemos observar a utilização do magnetismo como método de cura, fortalecimento orgânico e fisiológico e também como forma de conservação de corpos, como por exemplo, o comportamento mortuário das antigas civilizações com os embalsamentos de cadáveres.

Em “O Livro dos Espíritos” (Allan Kardec), os espíritos já nos sinalizavam para o magnetismo na resposta ao item 388 do capítulo “Simpatias e Antipatias Terrenas”:

388- Os encontros que se dão algumas vezes entre certas pessoas, e que se atribuem ao acaso, não seriam o efeito de uma espécie de relações simpáticas?

- Há entre os seres pensantes, ligações que ainda não conheceis. O Magnetismo é a bússola desta ciência, que mais tarde compreendereis melhor.

Essa resposta coloca o magnetismo como o impulso dessa ciência, ou seja, ele é o comando que age para que haja esses encontros quando necessitamos da convivência com alguém, sempre visando o progresso espiritual de todos. Convém, por outro lado ressaltar, fazendo aqui uma citação a Jacob Melo, em seu livro “Cure-se e Cure pelos Passes”, que “sempre que os espíritos se referem ao fluído magnético, estão fazendo referência aos fluídos vitais e espirituais e não aos campos magnéticos como a Física determina e domina”.

Estamos todos nós, o tempo todo, numa constante troca de energia que se dá através de ondas eletromagnéticas, e essas ondas são constituídas de fótons, que atuam sobre as partículas do ambiente e dos corpos, tendo o pensamento como o veículo que determina a sua ação, podendo ser benéfica ou maléfica, conforme a fonte que o irradia.

Por fim, não podemos desvincular o magnetismo da ciência espírita, uma vez que, todas as manifestações espíritas têm a sua origem e fundamentação nos fenômenos de ordem magnética. Como a doutrina espírita poderia em seu aspecto científico estudar as manifestações mediúnicas, o passe, as curas, sem adentrar nesse mister?



Carlos Pereira



Referências:
Livro dos Espíritos (Allan Kardec)
Cure-se e Cure pelos Passes (Jacob Melo)
Revista Cristã de Espiritismo, Nelson Moraes, edição 46


sexta-feira, 17 de abril de 2009

Destaque: "Chico Xavier descreve Emmanuel"

Emmanuel



Lembro-me de que, em 1931, numa de nossas reuniões habituais, vi a meu lado, pela primeira vez, o bondoso Espírito Emmanuel.

Eu psicografava, naquela época, as produções do primeiro livro mediúnico, recebido através de minhas humildes faculdades e experimentava os sintomas de grave moléstia dos olhos.

Via-lhe os traços fisionômicos de homem idoso, sentindo minha alma envolvida na suavidade de sua presença, mas o que mais me impressionava era que a generosa entidade se fazia visível para mim, dentro de reflexos luminosos que tinham a forma de uma cruz.

Às minhas perguntas naturais, respondeu o bondoso guia:

- "Descansa! Quando te sentires mais forte, pretendo colaborar igualmente na difusão da filosofia espiritualista. Tenho seguido sempre os teus passos e só hoje me vês, na tua existência de agora, mas os nossos espíritos se encontram unidos pelos laços mais santos da vida e o sentimento afetivo que me impele para o teu coração tem suas raízes na noite profunda dos séculos . . ."

Essa afirmativa foi para mim imenso consolo e, desde essa época, sinto constantemente a presença desse amigo invisível que, dirigindo as minhas atividades mediúnicas, está sempre ao nosso lado, em todas as horas difíceis, ajudando-nos a raciocinar melhor, no caminho da existência terrestre. A sua promessa de colaborar na difusão da consoladora Doutrina dos Espíritos tem sido cumprida integralmente.

Desde 1933, Emmanuel tem produzido, por meu intermédio, as mais variadas páginas sobre os mais variados assuntos. Solicitado por confrades nossos para se pronunciar sobre esta ou aquela questão, noto-lhe sempre o mais alto grau de tolerância, afabilidade e doçura, tratando sempre todos os problemas com o máximo respeito pela liberdade e pelas idéias dos outros.

Convidado a identificar-se, várias vezes, esquivou-se delicadamente, alegando razões particulares e respeitáveis , afirmando, porém, ter sido, na sua última passagem pelo planeta, padre católico, desencarnado no Brasil.

Levando as suas dissertações ao passado longínquo, afirma ter vivido ao tempo de Jesus, quando então se chamou Públio Lêntulos.

E de fato, Emmanuel, em todas as circunstâncias, tem dado a quantos o procuram os testemunhos de grande experiência e de grande cultura.

Para mim, tem sido ele de incansável dedicação. Junto do Espírito bondoso daquela que foi minha mãe na Terra, sua assistência tem sido um apoio para meu coração nas lutas penosas de cada dia.

Muitas vezes, quando me coloco em relação com as lembranças de minhas vidas passadas e quando sensações angustiosas me prendem o coração, sinto-lhe a palavra amiga e confortadora.

Emmanuel leva-me, então, às eras mortas e explica-me o grande e pequeno porquê das atribulações de cada instante. Recebo invariavelmente, com a sua assistência, um conforto indescritível, e assim é que renovo minhas energias para a tarefa espinhosa da mediunidade, em que somos ainda tão incompreendidos.

Alguns amigos, considerando o caráter de simplicidade dos trabalhos de Emmanuel, esforçaram-se para que este volume despretensioso surgisse no campo da publicidade.

Entrar na apreciação do livro, em si mesmo, é coisa que não está na minha competência. Apenas me cumpria o dever de prestar ao generoso guia dos nossos trabalhos a homenagem do meu reconhecimento, com a expressão da verdade pura, pedindo a Deus que o auxilie cada vez mais, multiplicando suas possibilidades no mundo espiritual, e derramando-lhe n´alma fraterna e generosa as luzes benditas do seu infinito amor.



Prefacio do livro
"Emmanuel - Dissertações Mediúnicas Sobre Importantes Questões Que Preocupam a Humanidade"

Escrito em 16 de setembro de 1937, para o lançamento de sua primeira edição pela Federação Espírita Brasileira em 1938.


Fonte: Universo Espírita



quinta-feira, 16 de abril de 2009

Especial: "Aconteceu com Chico Xavier"


TENHA PACIÊNCIA, MEU FILHO


Quando Dona Maria João de Deus desencarnou, em 29 de setembro de 1915, Chico Xavier, um de seus nove filhos, foi entregue aos cuidados de Dona Rita de Cássia, velha amiga e madrinha da criança.

Dona Rita, porém, era obsidiada e, por qualquer bagatela, se destemperava, irritadiça.

Assim é que o Chico passou a suportar, por dia, várias surras de vara de marmeleiro, recebendo, ainda, a penetração de pontas de garfos no ventre, porque a neurastênica e perversa senhora inventara esse estranho processo do torturar.

O garoto chorava muito, permanecendo, horas e horas, com os garfos dependurados na carne sanguinolenta e corria para o quintal, a fim de desabafar-se, porque a madrinha repetia, nervosa:

- Este menino tem a diabo no corpo.

Um dia, lembrou-se a criança de que sua Mãezinha orava sempre, todos os dias, ensinando-o a elevar o pensamento a Jesus e sentiu falta da prece que não encontrava em seu novo lar.

Ajoelhou-se sob velhas bananeiras e pronunciou as palavras do Pai Nosso que aprendera dos lábios maternais.

Quando terminou, oh! maravilha!

Sua progenitora, Dona Maria João de Deus, estava perfeitamente viva ao seu lado.

Chico, que ainda não lidara com as negações e dúvidas dos homens, nem por um instante pensou que a Mãezinha tivesse partido para as sombras da morte.

Abraçou-a, feliz; e gritou:

- Mamãe, não me deixe aqui... Carregue-me com a senhora...

- Não posso, - disse a entidade, triste.

- Estou apanhando muito, mamãe!

Dona Maria acariciou-o e explicou:

- Tenha paciência, meu filho. Você precisa crescer mais forte para o trabalho. E quem não sofre não aprende a lutar.

- Mas, - tornou a criança - minha madrinha diz que eu estou com o diabo no corpo...

- Que tem isso? Não se incomode. Tudo passa e se você não mais reclamar, se você tiver paciência, Jesus ajudará para que estejamos sempre juntos.

Em seguida, desapareceu.

O pequeno, aflito, chamou-a em vão.

Desde desse dia, no entanto, passou a receber o contacto de varas e garfos sem revolta e sem lágrimas.

- Chico é tão cínico - dizia Dona Rita, exasperada, que não chora, nem mesmo a pescoção.

Porque a criança explicasse ter a alegria de ver sua mãe, sempre que recebia as surras, sem chorar, o pessoal doméstico passou a dizer que ele era um "menino aluado".

E, diariamente, à tarde, com os vergões na pele e com o sangue a correr-lhe em pequeninos filetes do ventre o pequeno seguia, de olhos enxutos e brilhantes, para o quintal!, a fim de reencontrar a mãezinha querida, sob as velhas árvores, vendo-a e ouvindo-a, depois da oração.

Assim começou a luta espiritual do médium extraordinário que conhecemos.


Gama, Ramiro. Da obra: Lindos Casos de Chico Xavier. Lake

quarta-feira, 15 de abril de 2009

A Música e o Espírito: "Chico Xavier - Fábio Junior"

Encontrei no Youtube esse vídeo com Fábio Júnior interpretando a sua música em homenagem a Chico Xavier.
Confira e acompanhe a letra, que é um poema nos convidando em cada frase a refletir na vida do “Semeador do Bem”, e como diz Fábio Junior, o nosso "Pai Espiritual".






Chico Xavier


Chico Xavier, Chico Xavier
Chico Xavier é sempre ajuda
Chico Xavier, Chico Xavier
Quem tem ouvidos pra ouvir, escuta
Francisco é como um rio desde a nascente
Ele colhe como quem planta a semente
Suas margens são prenúncio pro futuro
Eu não tenho que jurar
Mas se tiver eu juro

Chico Xavier, Chico Xavier
Chico Xavier é sempre ajuda
Chico Xavier, Chico Xavier
Quem tem ouvidos pra ouvir, escuta
Chico Xavier é meio estranho
Pra quem acredita em seu próprio coração
Chico Xavier não tem tamanho
Ele é luz iluminando a escuridão

Chico Xavier, Chico Xavier
Chico Xavier é sempre ajuda
Chico Xavier, Chico Xavier
Quem tem ouvidos pra ouvir, escuta


Fábio Junior

terça-feira, 14 de abril de 2009

Pensamentos Nobres

Para o mês de abril, uma seleção de frases e pensamentos de Francisco Cândido Xavier:



"Renascer... eis a vida, o progresso incessante, o eterno evoluir, eis a lei do Criador!
Eis do mestre Jesus, como luz rutilante o ensino imortal no evangelho do amor.
Renascer... eis a lei imutável, constante, pela qual nosso "eu" no cadinho da dor,
em sublime ascensão pela luz deslumbrante, subirá para Deus, nosso Pai e Senhor..."

"Espíritos sublimes me ensinaram, há muito tempo, que o amor é a presença de Deus em nós mesmos, inclinando-nos a buscar uma outra pessoa, ou outras pessoas, para a mesma comunhão de sentimentos sublimantes, até que tenhamos uma comunidade de ordem superior em que todos se amem, naquele amor que Jesus nos ensinou: "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei".

“Esperemos que o amor se propague no mundo com mais força que a violência e a violência desaparecerá, à maneira da treva quando a luz se lhe sobrepõe. Consideremos, porém, que essa obra, naturalmente, não prescindirá da autoridade humana, mas na essência e na prática exige a cooperação de nós todos.”

"Nunca quis mudar a religião de ninguém, porque, positivamente, não acredito que a religião a seja melhor que a religião b... Nas origens de toda religião cristã está o pensamento de Nosso Senhor Jesus Cristo. Quem seguir o Evangelho... Se Allan Kardec tivesse escrito que “fora do Espiritismo não há salvação”, eu teria ido por outro caminho. Graças a Deus ele escreveu “Fora da Caridade”, ou seja, fora do Amor não há salvação...”

"Emmanuel sempre me ensinou assim: -“Chico, se as críticas dirigidas a você são verdadeiras, não reclame; se não são, não ligue para elas...”

“Graças a Deus, não me lembro de ter revidado a menor ofensa das inúmeras que sofri, certamente objetivando, todas elas, o meu aprendizado, e não me recordo de que tenha, conscientemente, magoado a quem quer que fosse...”

"Outro dia me perguntaram por que eu continuo trabalhando, apesar da enfermidade, das limitações. Respondi: Estou doente, mas ainda não cheguei à inutilidade. Ou fazemos ou fica por fazer. Ninguém pode fazer o que temos que fazer. A gente tem que agüentar.
A desistência do dever gera um complexo de culpa muito grande."

"O espírita chora escondido. Depois, lava o rosto e vai atender a multidão sorrindo."

"O Centro Espírita foi feito para evangelizar, consolar e esclarecer."

"Eu não passo de um cabide, meu filho, onde dependuram as homenagens de reconhecimento e de gratidão ao Espiritismo..."

“Tudo tem seu apogeu e seu declínio... É natural que seja assim; todavia, quando tudo parece convergir para o que supomos o nada, eis que a vida ressurge, triunfante e bela!... Novas folhas, novas flores, na indefinida bênção do recomeço!...”

“Eu creio que se nós, como povo, fôssemos educados para a tolerância recíproca, para o respeito à autoridade, para o trabalho persistente, sem conflitos entre empresários e trabalhadores; se todos nos uníssemos para compreender a necessidade desses valores espirituais na vida de cada um ou de cada grupo social, nós teríamos realmente um país extremamente venturoso.”

"Muitas vezes em aula, quando criança, ouvia vozes dos espíritos ou sentia mãos sobre as minhas mãos que eu senti vivas, guiando meus movimentos de escrita, sem que os outros as vissem. Isso me criava muitos constrangimentos."

“Respeito os estudos sobre o Apocalipse, mas não tenho largueza de pensamento para interpretar o Apocalipse como determinados técnicos o interpretam e situam. Mas, acima do próprio Apocalipse, eu creio na bondade eterna do Criador que nos insuflou de vida imortal. Então, acima de todos os Apocalipses, eu creio em Deus e na imortalidade humana, e essas duas realidades preponderarão em qualquer tempo da humanidade.”

“Dentro da visão espírita-cristã, céu, inferno e purgatório começam dentro de nós mesmos. A alegria do bem praticado é o alicerce do céu. A má intenção já é um piso para o purgatório e o mal devidamente efetuado, positivado, já é o remorso que é o princípio do inferno.”

“Quando cada um de nós transformar-se em livro atuante e vivo de lições para quantos nos observam o exemplo, as fronteiras da interpretação religiosa cederão lugar à nova era de fraternidade e paz que estamos esperando.”

“Somos companheiros otimistas no campo da fraternidade. Se Jesus espera no homem, com que direito deveríamos desesperar? Aguardemos o futuro triunfante, no caminho da luz. A Terra é uma embarcação cósmica de vastas proporções e não podemos olvidar que o Senhor permanece vigilante no leme.”

“Creio que a importância do Evangelho de Jesus em nossa evolução espiritual, é semelhante à importância do Sol na sustentação da nossa vida física.”

“Acreditamos que para que o homem atinja a perfeição não se pode menosprezar os valores do Espírito. Todos estamos formulando votos aos Poderes Divinos que governam o Mundo e a Humanidade, para que o homem se volte para dentro de si mesmo a fim de que nós todos, dentro dessa interiorização, venhamos a compreender que sem os valores da alma não podemos avançar muito tão só com os valores físicos que são praticamente transitórios.”

“Precisamos desalojar o ódio, a inveja, o ciúme, a discórdia de nós mesmos, para que possamos chegar a uma solução em matéria de paz, de modo a sentirmos que “os tempos são chegados” para a felicidade humana.”

"Tudo o que Jesus falou no Sermão da Montanha foi ao coração, ao sentimento. Não disse nada ao raciocínio, porque é pela inteligência que caímos. Ele não disse: Bem-aventurados os inteligentes. Chegou mesmo, certa vez, a dar graças ao Pai por ter ocultado os segredos do céu aos sábios e inteligentes. Quem cai pelo amor, o próprio motivo da queda faz que se reerga, mas quem cai pela inteligência não se sente caído."

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Destaque: “Vídeo Lançamento do Instituto Chico Xavier”

Esse é um vídeo lançamento do Instituto Chico Xavier, com um breve e belo relato da vida e obra do médium mineiro. Não deixe de assistir e conhecer um pouco mais sobre o Instituto, que tem como um de seus objetivos preservar a memória de Chico Xavier.

Dica: Para assistir sem interrupção clique no play e em seguida no pause aguardando o vídeo carregar, depois é só clicar no play novamente e deixar passar por inteiro.



Para saber mais sobre o Instituto Chico Xavier, clique aqui.

domingo, 12 de abril de 2009

Mensagem da Semana



Ouvir a mensagem




Ao Semeador do Bem



Arar moldando a gleba empedrada e agressiva,

erguer-se sol a sol na tarefa cativa servindo por amor ignorando a quem,

doar tempo, esperança, força e vida embora suportando a alma ferida na lavoura do bem,

impedir que o serviço retrograde, ouvir de longe o vento e a tempestade de ciclones irados a cair e proteger as sementeiras novas contra o furor de semelhantes provas a fim de que produzam no porvir,

sofrer insônia e anseio de alma em chaga,
ante os calhaus da senda em que a idéia se esmaga na defesa da frágil plantação,

ouvir e desculpar sofreando a custo o sarcasmo cruel do menosprezo injusto de quem não crer na própria elevação,

no entanto semeador prossegue enquanto é dia,

entoa no trabalho as canções da alegria ao ritmo da fé que te apóia e conduz e após o anoitecer nas orações que levas contemplarás além,
abrindo-se nas trevas o sereno esplendor da seara de luz.


Francisco Cândido Xavier, Caminhos do Amor
*Por Maria Dolores

sábado, 11 de abril de 2009

Boas Notícias


Seleção de notícias positivas que foram divulgadas em sites entre os meses de março e abril de 2009.



Ciência:


Cientistas dizem ter identificado fronteira entre o espaço e a Terra


“Segundo estudo canadense, espaço começa 118 quilômetros acima da superfície terrestre.”

Cientistas canadenses afirmam ter identificado a fronteira entre o espaço e a Terra. Segundo os especialistas, da Universidade de Calgary, o espaço começa 118 quilômetros acima da superfície terrestre.
Os cientistas chegaram a esta conclusão a partir de dados coletados pelo instrumento Supra-Thermal Ion Image, que conseguiu identificar onde terminam os ventos terrestres, considerados relativamente leves, e onde começam os "fluxos violentos" de partículas espaciais, que podem atingir velocidades de até 1.000 km/h.
Segundo os pesquisadores canadenses, é extremamente difícil coletar informações nessa área, porque o local é muito alto para o uso de balões e muito baixo para o de satélites.
"Esta é a segunda vez que medições diretas de fluxos de partículas carregadas foram feitas nessa região, e a primeira em que todos os ingredientes, como os fortes ventos acima da atmosfera, foram incluídos", disse David Knudsen, um dos cientistas envolvidos no estudo.

Clima espacial:

O instrumento foi desenvolvido pela Agência Espacial Canadense e lançado junto ao foguete da Nasa Joule-II, em janeiro de 2007. Após atingir a altitude de 200 quilômetros acima do nível do mar, o equipamento recolheu as informações durante os cinco minutos em que foi "jogado de um lado para outro da fronteira".
Os resultados da pesquisa, divulgados na publicação especializada "Journal of Geophysical Research", poderão auxiliar nas investigações sobre o clima espacial e seus impactos na Terra.
"Os dados nos permitem calcular os fluxos de energia que entram na atmosfera terrestre e entender a interação entre o espaço e nosso ambiente", disse Knudsen.
"Isso pode significar um melhor entendimento sobre o aquecimento e resfriamento da Terra, além de como o clima espacial pode afetar satélites, equipamentos de comunicação e navegação."


Fonte: G1 Globo Notícias, 10/04/09


Lei contra fumo estimula economia e protege trabalhadores, dizem estudos


“Proibição paulista do tabaco em locais fechados causa polêmica.”
“Experiência em outros países só aponta benefícios na iniciativa.”

A aprovação da proibição do fumo em ambientes públicos em São Paulo vem gerando polêmica. Mas essa polêmica é alimentada basicamente por preconceitos e com certeza estimulada pela indústria do tabaco.
Para que se possa discutir algum tema com base são necessários dados e fatos, coisa que vem faltando a quem questiona a lei.
O primeiro aspecto esquecido na fala de quem não gostou da lei é a saúde de quem trabalha nos bares e restaurantes e está exposto ao tabagismo passivo por necessidade. Me estranha o fato de que as centrais sindicais, tão ativas em outros temas, nunca tenham se levantado em nosso país para defender esses trabalhadores. Quem trabalha em ambiente com fumaça de cigarro tem risco aumentado de sofrer de câncer de pulmão, problemas respiratórios e alérgicos.
Vamos aos fatos sobre o impacto da proibição sobre a saúde dos trabalhadores nos locais onde essa norma foi implantada.
Na Escócia, pesquisa realizada em bares e restaurantes, antes e depois da proibição, mostrou que a poluição do ar nos ambientes, não só contendo nicotina mas também outros materiais danosos à saúde, caiu 84%.
A quantidade de nicotina absorvida pelos funcionários foi avaliada pela dosagem da cotinina, um produto do seu metabolismo, no sangue. A concentração de cotinina no sangue caiu mais de 80% apos o banimento do fumo.
Os sintomas respiratórios que os empregados apresentavam caiu 12% no primeiro ano após a lei. Dados semelhantes forma registrados em Nova York, cidade que baniu o fumo de seus bares e restaurantes em 2003.
Na Irlanda, ouviram-se os mesmos argumentos que se usa hoje em São Paulo. Lá também os índices de poluição do ar caíram mais de 80% após o banimento. A concentração da cotinina no sangue dos empregados caiu 70% em um ano.
A melhora da saúde de quem trabalha no setor tem sido tão importante que em todo o mundo esses empregados se tornaram os maiores defensores das leis que restrigem o fumo.
Outro argumento falacioso contra a proibição é de que a lei trará queda do faturamento e desemprego. Vamos de novo olhar o que aconteceu em outros lugares do mundo. De novo a Irlanda, que tem tradição inegável em termos de bares, traz números que contradizem esses argumentos.
No período de um ano após a implantação da lei, uma pesquisa mostrou que o numero de empregados no setor caiu apenas 2%. Essa mudança foi considerada dentro das alterações sasonais do setor.
Por outro lado, o número de consumidores cresceu 11% no mesmo período. É importante observar que o índice de adesão à proibição foi de 97%. E Nova York também mostrou que o banimento do fumo pode ser proveitoso. No primeiro ano após a proibição o crescimento do faturamento foi de quase 9%.
A discussão sobre a proibição ainda deve levar em conta o impacto positivo em termos de saúde pública, com diminuição de internações e de gastos com a saúde.
Afinal qual seria o lado ruim dessa proibição?


Luis Fernando Correia é médico e apresentador do "Saúde em Foco", da CBN.

Fonte: G1 Globo Notícias, 09/04/09


Meio-Ambiente:


Usinas a óleo poderão ser convertidas para gás natural

Usinas termelétricas projetadas para funcionar a óleo combustível poderão ser convertidas para gás natural, segundo o presidente da Empresa de Pesquisa Energética, Maurício Tolmasquim. A proposta deverá ser elaborada pelo governo para unidades que já foram leiloadas mas ainda não foram construídas. O objetivo da mudança é reduzir a emissão de gás carbônico. Além disso, seria uma saída para a sobreoferta de gás no país, que vai aumentar ainda mais com o início da produção do pré-sal. Trata-se ainda de um combustível com preços mais acessíveis e com maior facilidade de transporte.


Fonte: Companhia da Boa Notícia, 25/03/2009


Peixe-robô vai monitorar poluição nos mares

Um peixe robô desenvolvido por cientistas britânicos será jogado ao mar no norte da Espanha para detectar poluição. Caso o teste com os cinco primeiros peixes robóticos que serão lançados ao mar de Gijón no próximo ano dê certo, a equipe de cientistas pretende utilizar os aparelhos em rios, lagos e outros mares pelo mundo. Os robôs em forma de carpas custam cerca de 29 mil dólares cada e imitam os movimentos de um peixe real. Eles são equipados com sensores químicos para identificar potenciais poluentes, como vazamentos de navios e oleodutos subaquáticos. Os peixes transmitem a informação obtida para os pesquisadores por meio de tecnologia Wi-Fi.

Fonte: Companhia da Boa Notícia, 23/03/2009


Noruega doa 110 milhões para Fundo Amazônia


O Fundo Amazônia recebeu U$ 110 milhões, doados pelo governo da Noruega, para serem aplicados em ações contra o desmatamento e a degradação ambiental na floresta amazônica. É a primeira doação recebida pelo fundo, que até o meio do ano contará com mais U$ 18 milhões, desta vez do governo alemão.

Fonte: Companhia da Boa Notícia, 30/03/2009


Brasil


Entra em vigor lei contra recebimento de ligações de telemarketing


Entrou em vigor a lei que proíbe que empresas entrem em contato com pessoas inscritas no “Cadastro para Bloqueio do Recebimento de Ligações de Telemarketing”, no Procon. Conforme Lei 13.226/08, Decreto Estadual 53.921/08, as empresas que não respeitarem o bloqueio serão punidas de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. Empresas que prestam serviço de call center ou empresas que mantenham contato com seus clientes por telefone, devem se cadastrar também no site do Procon para terem acesso à pesquisa dos números bloqueados.

Fonte: Companhia da Boa Notícia, 06/04/2009


Solidariedade


Pará oferece supletivo para formar índios professores


Cerca de 50 índios das aldeias Kayapó, localizadas nos municípios de São Félix do Xingu, Ourilândia do Norte e Pau D''Arco, no sul do Pará, vão participar dos exames supletivos especiais de conclusão do ensino fundamental, segundo informações do Governo do Estado. Os exames, realizados em Belém, fazem parte do curso de formação de professores índios e da conclusão do ensino fundamental, para que possam dar continuidade aos estudos. Segundo o governo, quase todos os índios que participam do curso não concluíram o ensino fundamental ou não têm documentação escolar, mas atuam como professores nas aldeias dos municípios.


Fonte: Companhia da Boa Notícia, 25/03/2009

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Especial Sexta-Feira Santa: “O Amor de Chico Xavier por Jesus”




Chico Xavier teve a sua vida dedicada ao próximo, declarando a todo instante seu amor a Jesus. Nesse especial de “Sexta-Feira Santa”, data em que os cristãos lembram o julgamento, morte e sepultura de Jesus Cristo, destacamos alguns desses momentos, com uma das suas psicografias e depoimentos, incluindo um vídeo com uma história emocionante contada por ele no Programa da Hebe Camargo, no Natal de 1985.



AS CARTAS DO CRISTO


"Porque já é manifesto que sois a carta do Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito de Deus Vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração." Paulo. (II Corint. 108, 3:3.).


É singular que o Mestre não haja legado ao mundo um compêndio de princípios escritos pelas próprias mãos.

As figuras notáveis da Terra sempre assinalam sua passagem no planeta, endereçando à posteridade a sua mensagem de sabedoria e amor, seja em tábuas de pedra, seja em documentos envelhecidos.

Com Jesus, porém, o processo não foi o mesmo. O Mestre como que fez questão de escrever sua doutrina aos homens, gravando-a no coração dos companheiros sinceros. Seu testamento espiritual constitui-se de ensinos aos discípulos e não foram grafados por ele mesmo.

Recursos humanos seriam insuficientes para revelar a riqueza eterna de sua Mensagem.

As letras e raciocínios, propriamente humanos, na maioria das vezes costumam dar margem a controvérsias.

Em vista disso, Jesus gravou seus ensinamentos nos corações que o rodeavam e até hoje os aprendizes que se lhe conservam fiéis são as suas cartas divinas dirigidas à Humanidade.

Esses documentos vivos do santificante amor do Cristo palpitam em todas as religiões e em todos os climas.

São os vanguardeiros que conhecem a vida superior, experimentam o sublime contato do Mestre e transformam-se em sua mensagem para os homens.

Podem surgir muitas contendas em torno das páginas mais célebres e formosas.

Todavia, perante a alma que se converteu em carta viva do Senhor, quando não haja vibrações superiores da compreensão, haverá sempre o divino silêncio.

Francisco Cândido Xavier
*Por Emmanuel





O AMOR DE CHICO XAVIER POR JESUS



Depoimento de Chico Xavier:

"(...) Deus nos permita a satisfação de continuar sempre trabalhando na Grande Causa d'Ele, Nosso Senhor e Mestre.
Desde criança, a figura do Cristo me impressiona. Ao perder minha mãe, aos cinco janeiros de idade, conforme os próprios ensinamentos dela, acreditei n'Ele, na certeza de que Ele me sustentaria. Conduzido a uma casa estranha, na qual conheceria muitas dificuldades para continuar vivendo, lembrava-me d'Ele, na convicção de que Ele era um amigo poderoso e compassivo que me enviaria recursos de resistência e ao ver minha mãe desencarnada pela primeira vez, com o cérebro infantil sem qualquer conhecimento dos conflitos religiosos que dividem a Humanidade, pedi a ela me abençoasse segundo o nosso hábito em família e lembro-me perfeitamente de que perguntei a ela: - Mamãe, foi Jesus que mandou a senhora nos buscar? Ela sorriu e respondeu: - Foi sim, mas Jesus deseja que vocês, os meus filhos espalhados, ainda fiquem me esperando... Aceitei o que ela dizia, embora chorasse, porque a referência a Jesus me tranqüilizava. Quando meu pai se casou pela segunda vez e a minha segunda mãe mandou me buscar para junto dela, notando-lhe a bondade natural, indaguei:- Foi Jesus quem enviou a senhora para nos reunir? Ela me disse: - Chico, isso não sei... Mas minha fé era tamanha que respondi: - Foi Ele sim... Minha mãe, quando me aparece, sempre me fala que Ele mandaria alguém nos buscar para a nossa casa. E Jesus sempre esteve e está em minhas lembranças como um Protetor Poderoso e Bom, não desaparecido, não longe mas sempre perto, não indiferente aos nossos obstáculos humanos, e sim cada vez mais atuante e mais vivo."


Fonte: Traços Biográficos de Chico Xavier



Vídeo: “A História de Valéria”


Dica: Para assistir sem interrupção clique no play e em seguida no pause aguardando o vídeo carregar, depois é só clicar no play novamente e deixar passar por inteiro.



quinta-feira, 9 de abril de 2009

Entrevista com Chico Xavier



Nessa entrevista, concedida em 92 a extinta TV Manchete, o médium Chico Xavier fala do sofrimento e de como ele convive com seus problemas de saúde.


“A Mediunidade não me Exime das Lutas Naturais de Qualquer Pessoa”


Tv Manchete - Por que pessoas que fazem tanto bem para a Humanidade, como a Irmã Dulce, tem uma morte tão sofrida?

Chico Xavier - Lembrando com muito respeito e reconhecimento a Irmã Dulce, nossa patrícia, nós perguntamos: E por que o sofrimento de Jesus no lenho? ! Ele era o guia da Humanidade e, a bem dizer, um anjo protetor da comunidade humana. É que nós necessitamos de uma interpretação mais exata do sofrimento em nosso caminho diário. Creio que todos nós devemos pagar o tributo da evolução, no agradecimento à Divina Providência dos bens que desfrutamos.

E nesse particular, se é possível, eu peço licença para recordar o meu próprio caso. Eu sempre tive uma vida normal, como a de tantos seres humanos. Entretanto, com uma labirintite que me apanhou há 3 anos, sou agora praticamente um paraplégico, porque tenho as minhas pernas constantemente doloridas e inúteis.

Mas reconheço que estou com 82 anos de existência física, a caminho dos 83, tenho muita alegria de viver e tenho muita satisfação pela oportunidade de conhecer uma doença que me priva da vida natural de intercâmbio com os próprios familiares.

Um paraplégico que se habituou a usar muletas nos visitou há dias e me perguntou: “ Chico Xavier, eu sou um leitor das páginas mediúnicas que você tem recebido... Indago a você por que é que Emmanuel, um Espírito benemérito; por que é que André Luiz, um médico de altos conhecimentos; por que é que Meimei, uma irmã que foi a professora devotada da infância e da mocidade; por que é que o Dr. Bezerra de Menezes, que continua sendo, na Vida Maior, um médico do mais elevado gabarito e que é seu amigo – por que é que eles não curam você?”

Eu disse assim: “ Meu amigo, graças a Deus, eu não me sinto com privilégio algum... A mediunidade não me exime das vicissitudes e das lutas naturais de qualquer pessoa dos nossos grupos sociais”.

Penso que essa moléstia tão longa e tão difícil é um ensinamento de que eu necessito, porque, quando chegar à Vida Espiritual, breve como espero, e algum Instrutor me perguntar: “Chico Xavier, você nunca teve uma moléstia grave que durasse longo tempo?...” Eu vou dizer:

“Sim, fiz 80 anos e, depois do dia em que completei 80 anos, começou a defasagem do meu corpo físico...” Mas isto é muito natural em qualquer pessoa, especialmente na pessoa idosa. É uma crucificação gradual e que eu necessito, para não ficar envergonhado no Além, quando eu chegar à convivência dos nossos irmãos já desencarnados... Eu quero não sentir vergonha de nunca ter sofrido...

Mas para mim isto não é sofrimento. Tenho muitos bons amigos, cultivo a amizade com muito calor humano, gosto muito da vida e sei que vou continuar vivendo... Se Jesus permitir, os médicos desencarnados lá me ofertarão, talvez, quem sabe?, alguma melhora ou, se a doença continuar, eu devo saber que é a Vontade de Deus, é o Desígnio Divino que nos deu a felicidade da vida...

Então, eu estou aqui com vocês na maior alegria e creio que nenhum escutou de mim qualquer queixa, porque estou muito bem. Não me falta alimentação, não me falta medicina, os médicos amigos me tratam estudando a moléstia com muita atenção, me proporcionando as melhoras possíveis...

E eu continuo há 2 anos na condição de paraplégico, mas estou muito feliz e, creio eu, estou muito longe da grandeza espiritual da Irmã Dulce, não tenho nada a me queixar, e sim agradecer; eu creio que ela também terá sentido muita felicidade ao se ver libertada do corpo doente. Se ela puder – eu compreendo-, ela, sendo possível, nos auxiliará.

TV Manchete – Como você vê a Transcomunicação Instrumental?

Chico Xavier – A nós outros, os que estamos com atividade constante na Doutrina Espírita, o resultado da Transcomunicação na Europa e em outros países é o transcendente trazido à realidade de nossas vidas. E todas as pessoas cultas ou de qualquer expressão religiosa creio que pensarão como nós.



Transc. Parcial da entrevista concedida à TV Manchete, de Uberaba, Minas, em 11 de maio de 1992
Anuário Espírita - 1995

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Destaque: Emmanuel e duas Orientações para o Resto da Vida




Emmanuel, nos primórdios da mediunidade de Chico Xavier, deu-lhe duas orientações básicas para o trabalho que deveria desempenhar. Fora de qualquer uma delas, tudo seria malogrado. Eis a primeira.

- "Está você realmente disposto a trabalhar na mediunidade com Jesus?"

- Sim, se os bons espíritos não me abandonarem... -respondeu o médium.

- Não será você desamparado - disse-lhe Emmanuel - mas para isso é preciso que você trabalhe, estude e se esforce no bem.

- E o senhor acha que eu estou em condições de aceitar o compromisso? - tornou o Chico.

- Perfeitamente, desde que você procure respeitar os três pontos básicos para o Serviço... Porque o protetor se calasse o rapaz perguntou:

- Qual é o primeiro? A resposta veio firme:

- Disciplina.

- E o segundo?

- Disciplina.

- E o terceiro?

- Disciplina.

" A segunda mais importante orientação de Emmanuel para o médium é assim relembrada: - "Lembro-me de que num dos primeiros contatos comigo, ele me preveniu que pretendia trabalhar ao meu lado, por tempo longo, mas que eu deveria, acima de tudo, procurar os ensinamentos de Jesus e as lições de Allan Kardec e, disse mais, que, se um dia, ele, Emmanuel, algo me aconselhasse que não estivesse de acordo com as palavras de Jesus e de Kardec, que eu devia permanecer com Jesus e Kardec, procurando esquecê-lo.

Texto da biografia: "Traços Biográficos de Francisco Cândido Xavier"

terça-feira, 7 de abril de 2009

Especial: "Chico e seus Primeiros Contatos com os Espíritos"


Primeiro fato inexplicável


Os espíritos continuavam a aparecerem e enviar mensagens por Chico, mas ele receava ser rotulado de louco se comentasse com alguém as conversas que mantinha com "almas do outro mundo”, embora percebesse o que se passava à sua volva e à sua revelia, não sabia explicar como os fenômenos se davam, inclusive no período de quatro únicos anos de instrução primária que recebeu.

Conta o próprio Chico, que em 1922, no primeiro centenário da independência do Brasil, todos os alunos tiveram que apresentar uma dissertação sobre a data, e momentos antes de começar a dissertação Chico viu um homem ao seu lado ditando o que deveria escrever, assustado foi falar com a professora que o aconselhou a escrever o que ouvira, tranqüilizando-o: "Ninguém lhe disse nada. O que você ouviu veio de sua própria cabeça". Esse trabalho rendeu ao garoto Chico a sua primeira Menção Honrosa.


*Trecho da "Pequena Biografia de Chico", do Site "Portal do Espiritismo"

Imagem: Chico Xavier com Emmanuel

^