segunda-feira, 7 de julho de 2008

Especial: Dia do Voluntário Social



Benção do Servidor


Abençoada mãos que trabalham
minimizando as dores de outrem,
limpando feridas e marcas
saneando corações.
Mãos que constroem sorrisos afagando
a tristeza,
levando aos famintos o pão.
Bendita seja a boca que profere
a palavra consoladora aos aflitos
e dar força aos desanimados
educa, espalha a esperança
conjugando o verbo amar sem compensação.
Louvado sejam os braços que sustentam
desfalecidos e cansados,
embalam nova vida,
aconchegam os órfãos de paz
envolvendo de presença os que sofrem a solidão.
Glorificados sejam Senhor,
aqueles que com seus passos incansáveis,
seguem rumo ao auxílio diário, daqueles que
em decursos de resgates passados,
carecem de luz na escuridão.


Carlos Pereira

Dedicado aos servidores voluntários sociais pelo dia de hoje.

Um comentário:

NANDO DAMÁZIO disse...

Bonito poema, Carlos !!

Eu nem sabia desta data, e olha que já fui voluntário em causas sociais aqui na minha cidade, fazendo abordagem de meninos de rua para serem encaminhados à instituições ..
Abraço, paz !!

^